PROCON multa patrocinadora da Live de Simone e Simaria

O “Arraiá” das cantoras Simone e Simaria foi alvo de fiscalização do PROCON-SP. Segundo o órgão, a empresa patrocinadora que vendia títulos de capitalização, impôs cláusula abusiva ao consumidor.

Segundo fiscalização do PROCON-SP, a publicidade veiculada na “Live das Coleguinhas 2” remetia o consumidor ao site da empresa, que anuncia campanha de doação ao Hospital do Câncer de Londrina aliada a sorteios de carros e prêmios em dinheiro. As doações são formalizadas pela compra de título de capitalização, mas há cláusulas abusivas, deixando o consumidor em desvantagem porque não responde por falhas na operação, entre outras questões.

A Folha de São Paulo disse nesta quarta-feira (01) que a Vale Sorte Distribuidora, que atua na intermediação de venda de títulos de capitalização da modalidade filantropia premiável da empresa Aplub Capitalização, veiculou publicidade enganosa e estabeleceu cláusulas abusivas no seu termo de uso, infringindo o Código de Defesa do Consumidor.​

A assessoria de imprensa da dupla Simone e Simaria informou que o contrato das artistas tem uma cláusula que as isenta de culpa ou responsabilidade perante produtos e serviços prestados pelos patrocinadores.

Publicidade
Publicidade
Publicidade