Ministro do STF nega pedido de liberdade para o produtor DJ Ivis
DJ Ivis está preso. (Foto: reprodução)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, negou um pedido de liberdade para o produtor musical DJ Ivis. O artista está detido em no presídio Irmã Imelda Lima Ponte, em Aquiraz, desde 14 de julho, após a divulgação de imagens em que ele aparece agredindo fisicamente a ex-mulher, Pamella Holanda.

A defesa de DJ Ivis alegou, em documento protocolado no STF, que a prisão é ilegal porque o produtor não descumpriu as outras medidas protetivas impostas pela Justiça. O ministro, no entanto, alegou que a ação não poderia ser analisada porque há outro pedido de liberdade sendo examinado em outra instância da Justiça e, além disso, o advogado que entrou com o pedido não apresentou qualquer documento comprovando que o processo foi autorizado pelo artista.

“Em suma, concluo que se trata de habeas corpus ajuizado em evidente supressão de instância, não autorizado pelo paciente e destituído dos elementos mínimos que permitam sequer saber se os fundamentos do decreto prisional indicados na petição inicial coincidem com as informações constantes do processo”, explicou Gilmar Mendes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade