Fernando Zor processa mãe de sua filha ao ser chamado de pai ausente

O cantor Fernando Zor, da dupla com Sorocaba, abriu um processo por danos morais contra Aline Oliveira, sua ex-companheira e mãe de sua filha Kamily. A empresária foi notificada pelo advogado do sertanejo, via WhatsApp, na noite de terça-feira (22).

A ação foi iniciada depois que ela afirmou, em entrevista a Fábia Oliveira, colunista do jornal “O Dia”, que Fernando é um “pai ausente”. Aline, agora, está proibida pela Justiça de falar publicamente sobre o cantor, sob pena de multa de R$ 10 mil por cada menção.

Procurada, a assessoria de Fernando Zor informou que o processo corre em segredo de Justiça e, por isso, o cantor não se pronunciaria sobre o caso. O advogado do cantor, Danilo Elena, reafirmou que seu cliente não se manifestará.

Publicidade
Publicidade
Publicidade