Dominó humano do “Caldeirão do Huck” termina com senhor hospitalizado

Um dos quadros do programa “Cladeirão do Huck” se propôs, no último sábado (17), a quebrar um recorde mundial. De acordo com o Guinness World Records, a Globo conseguiu a marca de maior dominó humano, com 2019 colchões. Com isso, bateu o anterior, de 2016 “peças”, conquistado há três anos na China.

Entretanto, o feito acabou com bombeiros e ambulância no local. Um senhor, que não teve a identidade revelada, acabou se machucando quando foi atingido por uma “peça” do dominó humano, e precisou ser hospitalizado.

Em um comunicado ao blog do Leo Dias, a emissora explicou o ocorrido: “Enquanto participava da gravação, um dos participantes sentiu dores no joelho e avisou à produção ao final da dinâmica, relatando também que já tinha problemas nesta articulação. Após receber os primeiros atendimentos dos bombeiros e equipe médica que acompanhavam a gravação, ainda no local, foi levado para o hospital para avaliação e recebeu alta no mesmo dia”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade