Covid-19: Compositor e escritor Aldir Blanc morre no Rio

Foto: Reprodução

O compositor e escritor Aldir Blanc, de 73 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (4) no Hospital Universitário Pedro Ernesto, localizado na Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele estava com Covid-19 e seu quadro de saúde era considerado grave.

No dia 10 de abril, o artista deu entrada na CER (Coordenação de Emergência Regional) do Leblon, bairro da Zona Sul, com infecção urinária e pneumonia, que evoluíram para um quadro de infecção generalizada. Cinco dias depois, a partir de uma campanha de amigos e artistas, ele conseguiu transferência para o Hospital Pedro Ernesto, onde testou positivo para Covid-19. Na unidade, chegou a apresentar sinais de melhoras, mas como seu estado era muito grave, foi mantido sedado o tempo inteiro.

Aldir ficou conhecido pela composição dos hits “Dois Pra Lá, Dois Pra Cá” e “O Bêbado e o Equilibrista”, eternizados na voz de Elis Regina. Também estão no hall de composições do letrista músicas como “A Viagem” (Roupa Nova), “O Mestre Sala dos Mares” (João Bosco), “Kid Cavaquinho” (João Bosco) e “Resposta ao Tempo” (Nana Caymmi).

Publicidade
Publicidade
Publicidade