Coronavírus: “Nenhum ser humano é obrigado a ajudar ninguém”, dispara Léo Santana

Foto: Reprodução/Instagram

Diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), muitos famosos estão organizando ações a fim de arrecadar fundos para o enfrentamento da doença. Léo Santana, por exemplo, pensou em doar cestas básicas, mas a ideia causou polêmica.

O cantor usou as redes sociais para anunciar um show online, na próxima sexta-feira (3),e disse que o número de doações estaria condicionado ao número de telespectadores na live.

“A cada 10 mil pessoas que entrarem na ‘live’, eu doarei dez cestas básicas para algumas comunidades de Salvador”, disse, ao divulgar a data da transmissão. “Se bater 100 mil pessoas, 100 cestas”, disse o cantor.

A repercussão foi negativa. Léo disse: “Não serão dez cestas básicas doadas. Seria muito injusto da minha parte – até burrice – usar a minha rede social para divulgar dez cestas básicas, como as pessoas interpretaram. Eu mesmo peço desculpas se me expressei de forma errada”, explicou ele, nesta quarta- feira (1).

E continuou: “A ideia da minha ‘live’ é fazer com que, quanto mais pessoas assistindo, mais alimento seja doado. Só que, independentemente disso, eu já vou fazer minha doação. Uma parte minha, do meu coração.”

Veja o vídeo em que Léo Santana fala sobre não ser obrigado a ajudar ninguém:

https://www.instagram.com/p/B-d5szFHP3v/?utm_source=ig_web_copy_link
Publicidade
Publicidade
Publicidade