Caco Ciocler sugere que delivery inclua taxa de 10% durante pandemia

Foto: Reprodução

Caco Ciocler usou sua conta no Instagram, nesse domingo (5), para sugerir que  serviços de delivery incluam a taxa de 10%, comum em bares e restaurantes. De acordo com o ator, a ideia é que o valor seja dividido entre entregadores e garçons durante a crise da pandemia do novo coronavírus.

“Os estabelecimentos estão fechados, e os garçons não estão trabalhando, estão passando por muita necessidade. Eu espero que você, dono do restaurante, tenha podido manter o emprego dos garçons. E, mesmo assim, eles estavam acostumados a receber a taxa dos 10%”, disse o ator.

E completou, em seguida: “A minha sugestão é que você, que continua trabalhando, fazendo o serviço de delivery, inclua essa taxa adicional de 10% nas compras. E você, que está em casa, está com condições, pague essa taxa. E que essa taxa seja dividida entre os garçons e os entregadores. E, assim, a gente ajuda a essas pessoas que estão passando por momento difícil”.

Assista:

Atualização

Na manhã desta segunda (6), o ator  voltou ao Instagram para dar uma dica para as pessoas que querem ajudar restaurantes. Ele indicou o site apoieumrestaurante.com.br, que está vendendo vouchers para serem utilizados depois da crise. Os cupons custam R$ 50 e dão direito a compras de R$ 100. A ideia da ação é colocar dinheiro no caixa das empresas para que elas consigam pagar os funcionários enquanto estão fechadas. Veja o vídeo de Caco:

Publicidade
Publicidade
Publicidade